Você já teve azia alguma vez?

Pirose (do grego “pýrosis”, ação de queimar) ou azia, é a sensação de ardor (queimação), que tem início na parte posterior do esterno e que se propaga através de ondas ou golfadas, até a faringe, fazendo-se acompanhar de eructação com acidez e aumento da  salivação. O ardor é provocado pela ação do ácido gástrico (e por vezes também de bílis), fora do ambiente estomacal.

Causa:

A principal causa da azia é má alimentação e também o fato da musculatura que realiza a separação entre estômago e esôfago não funcionar corretamente, e com isso acontece o refluxo do ácido gástrico, que causa a queimação na região estomacal. A ingestão de alguns alimentos favorecem a azia, como chá e café, além de refrigerante, molhos, alimentos apimentados, chocolates e frutas cítricas.

Sintomas:

  • Sensação de queimação na região atrás do esterno , que sobe até a garganta;
  • Má digestão;
  • Gosto amargo ou ácido na boca;
  • Subida do conteúdo do estômago até a garganta;
  • Arrotos;
  • Tosse;
  • Dor no peito.

Tratamento: pode ser clínico ou cirúrgico.

  • O clínico inclui a administração de medicamentos que diminuem a produção de ácido pelo estômago e melhoram a motilidade do esôfago;
  • A cirurgia pode ser realizada de maneira convencional ou por laparoscopia e está indicada nos casos de hérnia de hiato, para os pacientes que não respondem bem ao tratamento clinico ou quando é necessário confeccionar uma válvula anti-refluxo

Prevenção: é preciso adotar algumas medidas como:

  • Maneire no café e refrigerante: a cafeína estimula a acidez e, impede a passagem dos alimentos do estômago para o esôfago. O refrigerante é outro que altera a acidez estomacal, e dificulta a absorção de vitaminas e minerais;
  • Evite fritura, carne vermelha e ovo: todas essas opções e suas variações de preparo sobrecarregam o estômago por serem ricos em gordura;
  • Consuma tomate com azeite: a acidez de alguns frutos causa dor especialmente em quem tem gastrite ou úlcera. Nesses casos, a saída é optar por frutas alcalinas, como uvas-passas e melão, e consumir tomate sempre com um fio de azeite;
  • Experimente leite vegetal: a lactose é um grande gatilho para azia. Quem ainda não identificou se tem intolerância, deve começar a substituir o leite de vaca por produtos à base de soja, arroz, quinoa e aveia;
  • Não use pimenta: por diminuir a pressão do músculo na parte inferior do esôfago, o tempero faz com que o ácido estomacal volte e cause refluxo;
  • Aposte na couve e no extravirgem: o vegetal favorece a desintoxicação do aparelho digestivo e o azeite extravirgem impede a formação de ácido gástrico e, consequentemente, previne azia;
  • Adote o gengibre: em substitui a cebola como tempero, com chá, no suco, na sopa ou salada. O rizoma ajuda na secreção gástrica, melhorando a queimação e a náusea;
  • Prefira banana e mamão: a primeira contém um amido que melhora o funcionamento do intestino e o segundo agiliza a digestão das proteínas;
  • Beba pequenos goles de água fria ou coma um pedacinho de miolo de pão, pois estas práticas diminuem a acidez estomacal;
  • Não deite após as refeições. É importante esperar ao menos um período de três horas;
  • Não faça uso de bebida alcoólica e cigarro antes de dormir, pois estimulam orefluxo gastresofágico.

Add Comment

Olá,

Deixe seu e-mail para receber as melhores informações sobre alimentação, comportamento e saúde.

Parabéns, você se inscreveu com sucesso!